Não é da sua conta

Postado em 2 out, 2015 - Psicologia

10.02Não é sua conta… foi assim, no dia 20 de setembro, que a jornalista Emily Bingham resolveu se expressar em sua conta no Facebook . Ela publicou um post, que já foi compartilhado mais de 74 mil vezes, juntamento com uma imagem de um ultrassom.

No post Emily diz:

Olá, pessoal! Agora que eu consegui a sua atenção usando uma foto qualquer de ultrassom que eu encontrei no Google posso dizer que este é um aviso sobre como os planos reprodutivos e de procriação de uma pessoa NÃO SÃO DA SUA CONTA. Antes de perguntar para um jovem casal recém-casado quando eles vão começar uma família… antes de vocês perguntarem para os pais de um filho único quando a criança vai ganhar um irmãozinho ou irmãzinha… antes de perguntar para uma mulher de 30 anos se e quando ela está planejando ter filhos porque, você sabe, o tempo está passando… apenas pare! Por favor, pare (…) Você não sabe quem está lutando contra a infertilidade, ou de luto por um aborto espontâneo, ou lidando com problemas de saúde. Você não sabe quem está enfrentando problemas de relacionamento ou está sofrendo com o estresse. Você não sabe quem está em cima do muro sobre ter filhos ou mais filhos (…). Você não sabe se a sua aparentemente inocente pergunta pode causar dor, sofrimento, estresse ou frustração.

Resumindo: Se você é um aspirante a avô ou um amigo ou membro da família bem-intencionado ou um vizinho intrometido, este fato não é da sua conta. Pergunte sobre o que o anima neste momento. Pergunte sobre qual foi a melhor parte do seu dia. E se eles quiserem contar sobre um assunto tão pessoal como seus planos de ter ou não ter filhos, eles vão te dizer. Se você está curioso, é só sentar e esperar e deixá-los fazer isso por sua própria conta, se e quando eles estiverem prontos.

 

post 10.02

 

Muitas mulheres se identificaram com o texto e compartilharam sua frustração e desânimo ao conversar sobre maternidade com outras pessoas. A palavra de ordem e a mensagem deixada por Emily é RESPEITO! Cada casal vive uma história com seus altos e baixos e quando e se vão ou não ter filhos é um assunto muito pessoal e que só será compartilhado com aqueles que julgarem importantes.