Rhapsodie pour un Pot-au-feu e as relações familiares

Postado em 10 set, 2013 - Dicas Gestantes, Dicas Mamães, Dicas Noivas

download (4)Três gerações vivem sob o mesmo teto em uma confusão rítmica e agitação de uma casa cheia na hora do jantar. A mãe, um pilar central da família, se esforça para reunir esta família em torno de um “pot-au-feu”.

O “pot-au-feu” (“panela no fogo”) é um tradicional guisado de carne francês temperado com ervas aromáticas que pode ser servido de duas formas ou como sopa e depois como prato principal. De acordo com o chef Raymond Blancpot-au-feu é “a quintessência da cozinha caseira francesa, um dos pratos mais celebrados na França. Ele honra tanto as mesas dos ricos, quanto a dos pobres.”

No minimetragem francês Rhapisodie pour un Pot-au-feu pode-se ver três gerações, que pode representa qualquer família independente da classe social, vivendo em uma mesma residência, comandada por uma mulher que trabalha dentro e fora de casa.

A família pode ser considerada uma instituição social, pois nela origina-se o processo de socialização, o desenvolvimento da personalidade e as relações são mais intensas e qualificadas. É na socialização que os jovens recebem dos adultos a motivação e as condições para assumirem seus papéis sociais.

E na família plural que temos hoje convivem irmãos e pais que vêm de outros casamentos e, portanto de culturas e gerações diferentes.  Cabendo aos membros da família, entender essa pessoa em seu processo de vida, de transformações, conhecerem suas fragilidades, modificando sua visão e atitude sobre a velhice e colaborar para que o idoso mantenha sua posição junto ao grupo familiar e a sociedade.

Segundo pesquisa realizada pelo Center for Work-Life Policy, 69% das brasileiras têm significativas responsabilidades de cuidado com parentes mais velhos, o que representa 23% de seus ganhos anuais. O mesmo estudo mostra que 59%das mulheres que trabalham sentem culpa em relação aos filhos e 44%, em relação aos pais – e sentem pressão da sociedade em colocar a família em primeiro lugar

Além de muito criativa a aminação mostra a realidade de muitas brasileiras, que terão cada vez menos apoio de empregadas domésticas e cada vez mais a presença dos pais idosos e o comando da casa.

Vale muito assistir para se inspirar!!!

 

Filme de graduação feita Gobelins em 2012 por Charlotte Cambon Soizic Mouton, Stephanie Mercier e Marion Roussel.
Duração: 3 minutos
Técnica:  Animação  2D  tradicional
Compositor: Laurent Courbier
Blog com Making of e contato: http://rhapsodiepourunpotaufeu.blogspot.com.br