Stress, qualidade de vida e a Tensão Pré-Casamento

Postado em 26 nov, 2013 - Dicas Noivas, Psicologia

Qualidade de vida é a percepção do indivíduo de sua posição na vida no contexto da cultura e sistema de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações. Essa definição deixa implícita a ideia de que o conceito de qualidade de vida é subjetivo, multidimensional e inclui elementos de avaliação tanto positivos como negativos, envolvendo quatro áreas (social, afetiva, saúde e profissional).

Fonte: Google Imagens

Fonte: Google Imagens

O maior inimigo do bem estar e da qualidade de vida hoje é o stress… E, planejar um casamento é sem dúvida estressante. Mesmo a noiva mais serena, que diante de outras situações mante-se calma, pode diante do planejamento do casamento ser levada ao seu limite.

Além de todas as preocupações que as noivas têm com a preparação do casamento, como: a) medo que algo não dê certo; b) medo de adquirir ou perder peso; c) desejo de surpreender os convidados; d) ter uma festa magnífica; e) ser uma noiva linda e bem disposta; f) fazer uma lista de convidados justa, sem ofender ninguém; g) não ultrapassar o orçamento previsível e poupar o máximo; h) manter os convidados animados e envolvidos na festa de casamento; i) manter a magia e o clima de amor e paixão com o noivo, apesar do stress de última hora. Existe também a ansiedade pela organização da nova casa, envolvendo todos os preparativos, escolhas, alinhamentos, de uma maneira estruturada e consciente.

A decisão pelo casamento implica, portanto, uma transformação radical e envolve valores individuais, da noiva e noivo, e coletivos que envolvem suas famílias e amigos, que exigem diversos preparativos para que seja um dia marcante. E como já constatamos os preparativos para esse grande momento geram muito stress e ansiedade, e essa preparação trará novos compromissos, responsabilidades e preocupações.

É muito comum encontrar casais que investiram tanto financeiramente, quanto emocionalmente, em seus casamentos, mas que não foram capazes de desfrutar desse momento, que além de único, deve oferecer diversão, realização e contentamento para eles e os demais.

O que costuma acontecer quando estamos diante de situações tão importantes em nossas vidas é sermos submetido a um stress que muitas vezes nos tira a clareza de nossas escolhas, ações e consciência. Podemos então, entender o stress como uma reação muito complexa, composta de alterações psicofisiológicas que ocorrem quando o indivíduo é forçado a enfrentar situações que ultrapassem sua habilidade de enfrentamento. A função destas respostas é a adaptação do indivíduo à nova situação, gerada pelo estímulo desafiador.

O stress pode produzir efeitos negativos como a fadiga, tensão muscular que podem aparecer não só quando ocorre uma experiência trágica. O que determina se sintomas de stress vão ocorrer é a capacidade do organismo de atender às exigências do momento, independentemente destas serem de natureza positiva ou negativa. A resistência aos desafios enfrentados é também influenciada consideravelmente pelas estratégias de enfrentamento presentes no repertório da pessoa, no nosso caso a noiva.

E como minimizar todo este stress e melhorar assim a qualidade de vida? O que se pode e deve fazer é controlar a maneira como seu corpo responde aos fatores estressores.

Seguem algumas dicas:

1- Durma: dormir ajuda a resolver problemas, isto porque o cérebro não para e, durante o sono, ele se sente mais livre para procurar novas conexões neuronais.

2- Alimente-se Direito: uma alimentação saudável ajuda o corpo em equilíbrio e com isso nosso sistema imunológico em dia. Lembre que o hormônio do stress, o cortisol, afeta o sistema imunológico e abre a porta para doenças.

3- Pratique Exercícios Regularmente: exercícios melhoram a saúde física e mental.

4- Tenha Hobbies: cm hobby pode ser classificado como algo que relaxa e distrai ao mesmo tempo em que estimula e organiza seu mundo interior.

5- Estimule sua Mente: nem sempre uma situação estressante não é uma ameaça, mas um desafio para o seu raciocínio. Considere seu cérebro como o músculo mais especializado do seu corpo.

6- Processe Suas Emoções: ao sentir uma emoção forte que poderá repercutir sobre você de modo negativo, guarde-a para si por algum tempo, até ser capaz de fazer uma análise mais racional do que ocorreu.

7- E Acredite em Algo: pessoas que têm fé tendem a ser mais saudáveis que pessoas que não tem. E ter fé é acreditar independente da religião escolhida. Estudos científicos comprovam que a fé reforça o sistema imunológico.