O amor nunca é suficiente

Postado em 13 set, 2013 - Dicas Noivas, Psicologia

[denoivaparamae]_post_07O titulo do post de hoje é uma referência ao livro do Aaron T. Beck, Love Is Never Enough: How Couples Can Overcome Misunderstanding. Neste livro Beck analisa o diálogo real de casais no intuito de iluminar os problemas mais comuns em casamento – o poder do pensamento negativo, a desilusão, regras e expectativas rígidas e falta de comunicação.

As observações de que casais angustiados não se comunicam um com outro tornou-se um clichê, contudo há muita verdade nesta afirmação. Uma vez que “nós não nos comunicamos” é uma declaração vaga e global, é essencial traduzi-la em problemas específicos, para que possam ser tratados.

Podemos citar alguns obstáculos para as comunicações bem-sucedidas, como a interrupção, escuta muito passivamente, e a fala em círculos.

Algumas reclamações que sempre aparecem entre os casais são e que refletem problemas de comunicação no relacionamento:

  • Meu marido é surdo. Ele nunca ouve o que eu digo.
  • Ela fala muito sobre cada assunto.
  • Ele sempre ficar na defensiva quando eu lhe pergunto alguma coisa.
  • Ela transforma tudo em um argumento
  • Ele é teimoso … ele não vai sequer considerar o que eu tenho a dizer.
  • Ele nunca diz o que ele quer dizer
  • Não é isso que eu quis dizer.

Já falamos um pouco sobre a importância da comunicação aqui e aqui, mas como é um assunto extenso e de extrema importância, vamos abordar mais um pouquinho neste post. A falta de comunicação é uma das principais razões que leva os casais ao fim do relacionamento. Silêncio, frases em tom ríspido e omissão são comportamentos comuns que podem gerar grandes problemas

Melhorar as habilidades dos casais para expressar os pensamentos e emoções, assim como para ouvir efetivamente um ao outro, é umas das formas de intervenção mais eficaz para evitar problemas de comunicação, já que as habilidades de comunicação estão entre os principais ingredientes que fazem os relacionamentos funcionarem.

Os casais que costumam experimentar problemas de comunicação tendem a reformular todo o relacionamento em termos de sequencias de distanciamento e isolamento. Este processo envolve:

  1. Encarar o problema conjugal como grave;
  2. Acreditar que não há meio de trabalhar as questões com o o outro cônjuge;
  3. Sentir-se inundado pelas queixas do outro cônjuge;
  4. Organizar as vidas de modo paralelo de forma a passarem cada vez menos tempo juntos e;
  5. Sentir solidão.

Contudo é possível propor estratégias tanto para o falante quanto para o ouvinte no intuito de melhorar a comunicação:

Falante

  1. Fale atentamente;
  2. Faça perguntas significativas;
  3. Não fale demais;
  4. Aceite o silêncio;
  5. Evite a contra investigação.

Ouvinte

  1. Ouça atentamente;
  2. Não interrompa;
  3. Esclareça o que ouve;
  4. Reflita sobre o que ouve;
  5. Resuma.

O treino da comunicação constitui parte essencial da psicologia cognitivo comportamental, já que possui um impacto positivo sobre as interações comportamentais problemáticas, reduz as cognições distorcidas dos cônjuges uns sobre os outros e contribui para a experiência regulada e emoção expressiva.