Você comeria em um banheiro?

Postado em 16 jun, 2014 - Dicas Mamães

maes

Você comeria em um banheiro?

É com essa provocação da campanha criada por  Kris Haro e Johnathan Wenske, estudantes de design da University North of Texas.

A campanha levanta discussão sobre os locais em que as mães são obrigadas a amamentar seus filhos quando é proibido que elas o façam em público.

A ideia de  é que os cartazes fossem colocados atrás das portas de cabines de banheiro, para impactar a usuária da real finalidade daquele espaço. 

Os pôsteres ainda trazem frases como “mesa para dois?”, “jantar privado” e “bom apetite”. 

Para pensar, não?

O ato de amamentar é extremamente importante para o bebê, além da prática do aleitamento materno (AM) não se restringe apenas ao binômio mãe e filho, mas possui consequências a nível de sociedade, pois uma vez a criança adequadamente nutrida tem-se repercussões na redução dos índices de morbi-mortalidade neonatal e infantil.

Amamentar tem vantagens também para a mãe:
  • A mãe que amamenta sente-se mais segura e menos ansiosa;
  • Amamentar faz queimar calorias e por isso ajuda a mulher a voltar, mais depressa, ao peso que tinha antes de engravidar;
  • Ajuda o útero a regressar ao seu tamanho normal mais rapidamente;
  • A perda de sangue depois do parto acaba mais cedo;
  • A amamentação protege do câncer da mama e de ovário que surge antes da menopausa;
  • A amamentação protege da osteoporose;
  • As mulheres que amamentam demoram mais tempo para ter menstruações, por isso as suas reservas de ferro não diminuem.

Os estudantes, além dos cartazes, criaram a página  When Nurture Calls (quando a alimentação chama – livre tradução) com o intuito de mostrar que não tem hora para o bebê ser alimentado, ou seja, a mãe pode estar com ele no meio do mercado ou no shopping e terá que oferecer o seio para seu filho.

Confira os cartazes criados pela dupla:

o-WHEN-NURTURE-CALLS-1-900

 

o-WHEN-NURTURE-CALLS-2-900

 

o-WHEN-NURTUR-CALLS-3-900