Indicação de livro para as crianças (07)

Postado em 14 mar, 2014 - Dicas Mamães

5102711“Ela era inteligente em excesso. Talvez porque seus pais não lhe deram um nome fácil. Cínthya. (…) Não precisavam ensinar nada para ela. Ela escutava e guardava. Pegava o conhecimento do vento. Das conversas dos adultos, das revistas, dos letreiros, nas ruas.”

Quem tem dificuldade na escola sofre, mas tem ajuda. Quem tem facilidade na escola também sofre, só que ninguém ajuda.

O aluno que possui uma inteligência superior à média não recebe atenção. “É posto de lado… Pela professora, que não deixa mais ele responder, já que sempre acerta. Pelos colegas, que ficam com inveja de suas notas altas e rapidez de raciocínio. Pelos pais, que não acreditam que o filho pode saber tanto…”

E este é o enredo do livro A menina superdotada de Fabrício Carpinejar.  O livro conta história de uma menina discriminada por ser inteligente. 

“Cínthya era linda e inteligente. Nem seus pais poderiam explicar a fluência no inglês e seus conhecimentos em mecânica. Cínthya não se cansava de surpreender colegas, professora, amigos e familiares. E ela se achava uma garota como as outras. Um dia, porém, Cínthya percebeu que não era tão querida… Suas colegas torciam o nariz, a professora se incomodava. De repente entendeu: era discriminada por não errar. Cínthya começou a sofrer por ser diferente… Seu maior sonho: ser chamada para ir ao quadro-negro, receber aplausos pelo acerto, palavras de entusiasmo por estar aprendendo coisas novas. Saber tudo e não ter dificuldade de aprendizagem antes era um prazer.”

download (1)As pessoas que são consideradas superdotadas intelectualmente são pensadores lógicos, capazes de muita concentração interior e possuem QI de 130 ou mais. A maioria das pessoas superdotadas criativamente são imaginativas, adaptáveis e é provável que se envolvam em trabalhos artísticos; contudo, a superdotação pode ser cognitiva e precisamos como pais e profissionais prestar atenção também para as habilidades sociais.

Desta forma, a superdotação intelectual é caracterizada pelo desenvolvimento de uma habilidade significativamente superior a da média da população em alguma das áreas do conhecimento, podendo se destacar em atividades como: acadêmicas, criativas, de liderança, artísticas, psicomotoras ou de motivação. O sujeito superdotado é conhecido como  talentoso ou portador de altas habilidades. Existem ainda outras caracterizações, como precocidade, prodígio e genialidade.

Apesar de parecer que os sujeitos superdotados são extremamente adaptados e que, portanto, estariam livres de problemas de socialização e compreensão, algumas dificuldades podem surgir ao longo da vida, entre elas, podemos destacar: perfeccionismo; hipersensibilidade do sistema nervoso; resistência a interrupções e mudanças na rotina; impaciência com detalhes; pensamentos divergentes em relação aos dos colegas, que podem gerar discriminação ou inconformismo; pouca dedicação ou desinteresse por novas formas de resolução de problemas, gerando baixo rendimento acadêmico; repulsa por estruturas rígidas de aula; rebeldia e oposição às pressões sociais; sarcasmo exacerbado.

Sendo assim, o livro do Carpinejar é uma ótima oportunidade de iniciar a conversa de que dificuldades uma criança superdotada pode enfrentar!