85° Aniversário de Maurice Sendak

Postado em 10 jun, 2013 - Dicas Mamães
Fonte: Google Imagens

Fonte: Google Imagens

Maurice Sendak (1928-2012) nasceu em Nova York, e completaria 85 anos hoje (10.06) e é homenageado pelo Google. O Doodle animado de hoje traz os principais desenhos do premiado artista norte-americano.

Filho de imigrantes poloneses judeus, Sendak sempre gostou de ler e desenhar. Seus desenhos têm uma linguagem muito original, com forte influência de Marc Chagall, Henri Matisse, Goya e Picasso.

Sendak iniciou a sua carreira como ilustrador na década de 50 e lançou sua primeira obra em 1956, o livro “Kenny’s Windows”. Em seguida, começou a trabalhar naquela que seria considerada sua maior história, “Where the Wild Things Are”, publicada em 1963 e que deveria, originalmente, ter sido chamada de “Land of Wild Horses” (“A Terra dos Cavalos Selvagens”). A mudança de título aconteceu depois que Sendak, que já havia começado a escrever a história, percebeu que não sabia como desenhar cavalos. Decidiu, então, transformá-los em figuras ambíguas e que resultaram nos icônicos monstros que ilustram o livro. A obra conta a história do garoto Max, de 9 anos. Depois de fazer uma malcriação com sua mãe, o menino segue para seu quarto. Sozinho, começa a imaginar um mundo fantástico no qual interage com monstros. Sucesso de crítica, o livro vendeu mais de 18 milhões de cópias apenas nos Estados Unidos e ganhou diversas adaptações.

Fonte: Google

Fonte: Google

Além de livros infantis, Sendak também desenvolveu cenários e figurinos para óperas e ballet. Algumas de suas criações viraram séries de TV, como Os sete monstrinhos e O pequeno urso.

Sua carreira foi marcada por importantes prêmios do campo das artes, como o Prêmio Hans Christian Andersen de Ilustração, por um trabalho feito na década de 70, e o Prêmio Internacional de Literatura Infantil Astris Lindgren, em 2003. Recebeu, entre outros, o prêmio Caldecot (a mais alta condecoração para um artista de livros infantis). Em 1997, foi agraciado pelo presidente americano Bill Clinton com a National Medal of Arts, a mais alta distinção artística dos Estados Unidos.

 

Deixo a indicação do livro mais conhecido de Mourice Sendak: “ONDE VIVEM OS MONSTROS

Com mais de 18 milhões de exemplares vendidos só nos Estados Unidos, vencedor dos principais prêmios literários, traduzido para mais de 20 idiomas, aclamado pela crítica – e um dos favoritos de Barack Obama (assista ao vídeo em que ele conta a história a um grupo de crianças), finalmente é publicado em português o principal livro do ano: Onde vivem os monstros, de Maurice Sendak. O próprio autor selecionou a Cosac Naify para ser a editora do livro no Brasil. Após três anos de negociação, a Cosac Naify foi aprovada pelo autor e ilustrador, por seu cuidado editorial. 

A edição brasileira é caprichada como a original: papel importado, capa dura, sobrecapa e tecido na lombada. Como aposta em repetir o sucesso que o livro tem no exterior – o preferido do presidente norte-americano Barack Obama -, a primeira tiragem do livro de 10 mil exemplares chegará nas livrarias em outubro, pouco antes do videogame. 

Na história escrita em 1963, o garoto Max, vestido com sua fantasia de lobo, faz tamanha malcriação que é mandado para o quarto sem jantar. Lá, ele se transporta para uma floresta, embarca em um miniveleiro, navega pelo oceano, até chegar numa ilha, onde vivem os monstros. Com o seu olhar firme, consegue dominá-los e é coroado rei. Max, então, fica livre para mandar e desmandar, longe de regras ou restrições. Mas, quando a saudade de casa e daqueles que realmente o amam começa a apertar o peito, Max fica em dúvida sobre suas escolhas. 

“O trabalho de Sendak, disfarçado de fantasia, emerge do ‘eu’ primitivo, da criança que espreita no coração de todos nós”. The New York Times 

THE CALDECOTT MEDAL PRÊMIO ASTRID LINDGREN MEMORIAL MELHOR LIVRO ILUSTRADO – NEW YORK TIMES