Feliz dia da paternidade ativa

Postado em 9 ago, 2015 - Dicas Gestantes, Dicas Mamães

dia dos paisSempre me incomodou muito ouvir nas conversas de amigos e clientes a afirmação de que fulano é um ótimo pai pois ele ajuda a mãe. Pai não ajuda, pai educa, cuida e tem as mesmas responsabilidades que a mãe. Pois, quando falamos em ajuda estamos supondo que a responsabilidade é exclusiva da pessoa ajudada, a mãe, e que o ajudante, neste caso o pais, está fazendo um favor.

O pai precisa, assim com a mãe,  estar presente, envolver-se desde o início da gestação neste turbilhão de emoções e descobertas que é a chegada de um filho.

Pais ativos, conscientes, não ajudam, participam.

O pai ativo não é um mero provedor de recursos do lar. O pai ativo precisa assim como a mãe empoderar-se para receber a filho. Precisam apoiar a amamentação, dar suporte, respeitar e defender sua família. Estes pais acolhem seus filhos, embalam, acalentam, oferecem colo. Sentem a paternidade consciente é nascer de novo, para ser novo junto de cada novo filho.

Estes pais gestam também em si uma nova realidade, um princípio de família, um novo homem e companheiro. Participando e proporcionando a existência de um ambiente familiar acolhedor.

Para finalizar deixo o vídeo feito para MenCare, ONG que defende a paternidade ativa em mais de 30 países nos cinco continentes. E tem como missão promover o envolvimento dos homens de forma igualitária, como pais e cuidadores não-violentos para alcançar o bem-estar da família, igualdade de gênero, e melhorar a saúde de mães, pais e crianças.